• PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU •
GESTÃO DE TERRITÓRIOS E SABERES

flor

Por que territórios e saberes?

Território é um conceito chave para entender as dinâmicas políticas e sociais no mundo contemporâneo. Hoje se fala de territórios sustentáveis, saudáveis, criativos, educadores, produtivos, tradicionais, da cidadania, da paz, do desejo, do brincar, dentre outros. Cada vez mais as políticas públicas são organizadas a partir de um enfoque territorial. Mas o que são os territórios? Qual é a relação entre territórios e saberes? E como podemos construir formas mais justas, democráticas e autônomas de gestão dos territórios?

Território é sobre espaço, poder e saber. Uma visão ultrapassada de gestão do território pressupunha uma sociedade passiva diante da intervenção técnica do discurso competente, fosse do Estado, do mercado ou mesmo das instituições científicas. Uma abordagem contemporânea busca superar a ideia de território como divisão político-administrativa, definida unicamente pelo Estado. Para além do território estatal e seus diferentes recortes, que seguem sendo relevantes, os territórios emergem como expressão da pluralidade de sujeitos e grupos sociais em seus modos de produzir a vida, preservar culturas, afirmar identidades e defender seus direitos. Os territórios estão em disputa, em diferentes escalas, com suas fronteiras e usos. E essa disputa cada vez mais passa pelo conhecimento que se produz sobre os territórios e a partir dos sujeitos que habitam e atuam nos mesmos.

Um encontro entre quatro centros de produção de conhecimento.

O curso busca explorar as diferentes maneiras como os territórios e os saberes se produzem mutuamente e constituem novas formas de pensamento e ação política. É um encontro entre o Instituto de Educação de Angra dos Reis (Universidade Federal Fluminense), o Observatório de Territórios Sustentáveis e Saudáveis da Bocaina (Fiocruz e Fórum de Comunidades Tradicionais), o Núcleo de Gestão Integrada de Paraty do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO) e a Sociedade Angrense de Proteção Ecológica (SAPE), instituições com importante atuação em Angra dos Reis e Paraty.
Nossa região é marcada pela diversidade cultural e natural, com territórios tradicionais, unidades de conservação, áreas de alta densidade urbana, comunidades rurais, grandes empreendimentos imobiliários, turísticos, energéticos e industriais, situações de riscos e conflitos. Nosso objetivo é aprofundar as experiências e projetos desenvolvidos pelas instituições envolvidas no curso, bem como pelos professores, técnicos e movimentos sociais com atuação na região, especialmente em temas como educação popular e diferenciada, turismo de base comunitária, unidades de conservação, comunidades tradicionais, agroecologia, justiça socioambiental, conflitos territoriais, patrimônio natural e histórico, saúde e bem viver, gestão de riscos e desastres, segurança pública e política urbana.

mapa
Flor

Secretaria

UFF Angra: Avenida do Trabalhador, nº 179, Jacuecanga
Angra dos Reis – RJ - Tel: (24) 3365-1642

E-mail: posgraduacaoteresa@gmail.com

IEAR
UFF
ICMBIO
OTSS
FIOCRUZ
FCT
SAPE

Offline Website Builder